quarta-feira, 2 de setembro de 2015

Carta de alguém invisível


Como gostaria que seus olhos estivessem atentos ao que está acontecendo ao redor de nós, como gostaria que percebesse que você cobra mais do que se doa. Como gostaria que percebesse, que as pessoas que amamos nem sempre são reciprocas e que pessoas assim espalham ao invés de juntar. Como gostaria que percebesse que não somos perfeitos, mas podemos respeitar a diferença um do outro. Como gostaria que percebesse que nem tudo é rosa, mas quando estamos juntos os espinhos são de menos. Como gostaria que percebesse que família é a base de tudo, se não compreendemos isso, é difícil opinar para os outros. Como gostaria que percebesse que mesmo em silêncio Deus fala, e que se não estamos com Ele, estamos longe dEle. Como gostaria que percebesse que o hoje se tornará em amanhã, e o agora é o momento de fazer acontecer. Como gostaria que percebesse que existe alguém que esteve e pretende estar sempre ao seu lado, mas para isso bastar você percebe.