quinta-feira, 10 de setembro de 2015

Quando tudo está quieto demais



Quando os apertos passamos, na caminhada clamamos, olhamos para os lados e não vemos soluções, e de tristeza a alma chora. Para o céu fitamos os nossos olhos e a Deus socorro pedimos, de joelho no chão oramos, e na angustia a Deus louvamos. E nesse momento, o socorro aparece, e tudo se normaliza e o nome de Deus é exaltado. 

E quando tudo está quieto demais, aquelas provas foram cessadas e a vitória decretada. É nesse momento que não devemos de parar de busca a Deus, pois a luta continua e batalhas novas podem surgi. Devemos nos fortalece cada vez mais na Fé, pois na caminhada as flores podem se tornarem em espinhos, e aquela paisagem tranquila, pode virar um campo de batalha. No momento de tranquilidade aproveita para se entronizar com o todo Poderoso, pois intimidade com Deus é pessoal e intransferível e cada um tem de forma especial. Aproveita a tranquilidade e continue orando, lendo a palavra, louvando e jejuando, se fortaleça para que tua fé não venha ser abalado.